Anedotas Club

Anedotas de Ignorância

66 / 93

Não serviu de nada!

Uma brasileira vai visitar uma amiga portuguesa e, quando as duas estão passeando pelas ruas, um turista as aborda:

- Entschuldigung, koennen Sie Deutsch sprechen? - pergunta ele.

As duas garotas se entreolham e o sujeito tenta novamente:

- Excusez-moi, parlez vous Français?

As duas continuaram sem entender nada.

- Parlare Italiano?

Elas permaneceram caladas.

- Hablan ustedes Español?

Nada.

Angustiado, o turista poliglota desiste e vai embora.

Então a brasileira vira-se para a portuguesa e diz:

- Amiga… acho que a gente devia aprender uma língua estrangeira!

- Para quê? - perguntou a portuguesa - Aquele gajo ali sabia falar cinco línguas e não adiantou nada!

Mais anedotas de Ignorância

Qual peixe?

Havia uma pessoa que adorava pescar num rio perto da sua casa.

Já lá ia durante muitos anos, até que certo dia ao chegar ao local depara-se com um sinal a proibir a pesca naquela zona, mas como já pescava por ali durante tanto tempo acabou por ignorar o sinal e deu início à pesca.

Algumas horas mais tarde, já com alguns peixes no seu balde, aparece um agente da GNR:

- Boa tarde, o senhor tem conhecimento da proibição de pesca neste local?

- Por acaso sim sabia, mas eu também não estou a pescar.

- Não? E esses peixes aí no balde, são o quê?

- Eu ando a treinar estes peixes. Eu atiro-os ao rio e assim que assobiar, eles nadam até mim e saltam para o balde.

O agente da GNR, intrigado e a rir, comenta:

- Gostaria de ver isso!

Então o pescador acaba por atirar o peixe de volta ao rio e o agente fica à espera.

Alguns minutos depois o agente pergunta:

- Então?! Não vai chamar o peixe de volta?

Ao que o pescador responde:

- Peixe? Qual peixe?

De férias no Alentejo

Um casal em férias passeava pelo Alentejo.

Diz o marido:

- Querida, estamos perto de Barrancos, aquela terra onde matam os touros. Queres aproveitar e ir até lá?

- Não vale a pena, querido. Tu nem sequer tens seguro de vida…

Tempos

Na aula de português, pergunta o professor ao Joãozinho:

- Chovia, que tempo é?

E responde o Joãozinho:

- É tempo muito mau, senhor professor…