Anedotas de Ignorância

48 / 95

Este pão é de hoje?

- Este pão é de hoje?

- Não senhor! É de ontem!

- E este?

- Não! Também é de ontem!

- O que tem um homem de fazer para comer um pão de hoje neste café?

- Venha cá amanhã!

Mais anedotas de Ignorância

À espera

Era dia de exames de rotina no hospício para ver se havia algum louco que podia ser libertado.

Assim que foi dado o sinal, todos os funcionários começaram a gritar:

- O HOSPÍCIO ESTÁ INUNDANDO! O HOSPÍCIO ESTÁ INUNDANDO!

Imediatamente os loucos atiraram-se ao chão e começaram a nadar freneticamente.

Ao ver que um continuava sentado num banco, com um ar de sossego, o médico perguntou:

- Por que é que tu não estás a nadar?

E o louco respondeu:

- Você pensa que eu sou tonto?

Aí o médico pensou:

- "Este já deve estar bom."

E o louco continua:

- Vou esperar pelo barco!

Bêbados na ponte

Iam dois bêbados na ponte, quando um deles se desequilibra e cai no rio.

De imediato o outro foi pedir socorro, mas quando o tiraram da água já estava morto.

- Então, como é que ele está? - perguntou o outro bêbado.

- Bebeu água a mais.

- Está a ver. Bebe água pela primeira vez e morre.

Costa mais próxima

Numa ilha estavam presas uma loira, uma morena e uma ruiva.

A costa mais próxima estava a 50 quilómetros de distância, mas mesmo assim decidem testar a sorte e chegar até à costa a nado.

A ruiva nada 15 quilómetros, mas acaba por se afogar e morre.

A morena ainda consegue nadar 24 quilómetros, mas também acaba por se afogar e morrer.

Já a loira consegue nadar 25 quilómetros, mas acabou por se cansar e decidiu voltar para trás.