Anedotas Club

Anedotas de Família

5 / 56

Com ela não

Um dia, o filho entra na sala e diz ao pai:

- Pai, estou interessado na filha da vizinha! O que é que achas dela?

O pai acaba por ficar nervoso e diz ao filho:

- Não podes ficar com ela! Há muitos anos atrás traí a tua mãe com a vizinha! A filha da vizinha é tua irmã!

Entretanto a mulher do homem chega a casa e ouve a conversa.

De forma a consolar o filho diz:

- Podes sim filho! Esse aí nem é o teu pai!

Mais anedotas de Família

Impossível!

O camponês vai com a família passar uns dias na cidade.

Ao chegar a um hotel, parou estupefacto em frente ao elevador tentando entender para que servia uma porta com tanta luz piscando.

De repente, uma senhora bem velhinha entra no elevador, a porta se fecha e ela desaparece.

Pouco depois a porta abre-se novamente e o homem dá de caras com uma mulher muito mais jovem e bonita.

Entusiasmado, ele grita para o filho:

- Pedro, vai a correr chamar a tua mãe!

A venda do carro

Uma loira quer vender um carro, porque está com muitas dificuldades financeiras, mas o conta-quilómetros indicava 200 mil km.

Então foi pedir ajuda a uma amiga e ela disse que o marido era mecânico, e podia pôr o conta-quilómetros a indicar 50 mil km em vez de 200 mil km.

Na semana seguinte, a amiga perguntou-lhe:

- Então, já vendeste o carro?

- Mas tu estás doida? Agora que só tem 50 mil km, fico com ele!

Risco no sete

Até os nossos dias, muita gente, quando escreve o número sete, coloca um traço na metade da perna do algarismo.

Qual será a origem desse costume?

Para responder, temos que voltar muitos séculos atrás, aos tempos bíblicos, quando Moisés estava no Monte Sinai e lhe foram ditados os dez mandamentos.

Em voz alta, ele foi anunciando para a multidão, um por um.

Quando chegou no sete, Moisés disse:

- Não desejarás a mulher do próximo!

Fez-se um breve silêncio… e a multidão rompeu, gritando em coro:

- Risca o sete, risca o sete!