Anedotas Club

Anedotas de Família

4 / 56

Um crime pouco grave

Na esquadra da polícia, aparece um cidadão e diz que quer se confessar.

O polícia pergunta:

- O que aconteceu?

E o homem:

- Doutor! Eu matei a minha sogra!

- Bem meu filho, você cometeu esse crime mas deveria estar muito alterado! Não se preocupe, vá para casa e descanse. Está tudo bem!

- Mas doutor, eu enterrei a velha!

- Ah meu filho, viu que boa alma você é? Enterrou a sua sogra e assim já evitou muita burocracia!

- Doutor! Mas quando eu estava enterrando, ela gritava que ainda estava viva!

- Ó meu filho! E você não sabe que todas as sogras são mentirosas?

Mais anedotas de Família

Primeiro mulheres e crianças

Alta noite, um bêbado caiu numa poça de água.

Passou um polícia que tentou ajudá-lo, mas o bêbado disse:

- Salvem primeiro as mulheres e as crianças, que eu sei nadar!

Sapatos apertados

Uma loira foi a uma loja de sapatos.

Escolheu, escolheu e acabou por se decidir por um par de sapatos de cromo alemão.

O vendedor entregou o sapato, mas foi logo advertindo-a:

- Menina, estes sapatos costumam apertar os pés nos primeiros cinco dias.

E responde a loira:

- Não tem problema! Eu só vou usá-los na próxima semana.

O que diriam?

Uma loira vai ao zoo com o novo namorado, e pergunta a ele:

- Que diriam estes tigres, se pudessem falar?

Responde o namorado:

- Olha, certamente, diriam assim: “Oh tonta, não vês que somos zebras!”