Anedotas de Ignorância

85 / 93

Obra cria acidente

Um amigo diz a outro:

- Sabes aquela obra que há ali à frente?

- Sei.

- Há umas semanas atrás ia a passar lá, à beira dos andaimes, e caiu-me um saco de cimento em cima!

- Xi! E não ficaste todo partido?

- Não! Fiquei direitinho, como estou hoje!

- Ora… impossível! Como?

- O saco estava vazio!

Mais anedotas de Ignorância

As promessas do político

Certo dia um político, em plena campanha eleitoral deslocou-se ao Alentejo.

O homem falava e ninguém batia palmas, então passou a fazer promessas e mesmo assim… nada, ninguém se manifestava.

Já desesperado tentou a última promessa que no Alentejo não devia falhar… o homem disse em plenos pulmões:

- E eu… prometo… que… se for eleito… aqui no Alentejo… os Alentejanos… só trabalham 1 dia por ano…

Mesmo assim ninguém se mexeu, apenas se ouviu uma voz lá no fundo:

- ATÃO E AS FÉRIAS PAH… NÃO HÀ?

Desta vez não perco!

Uma senhora levou a filha de 17 anos ao médico, queixando-se que a menina estava com vômitos, tonturas, e que tinha perdido o apetite.

Após o término da consulta, o médico concluiu:

- Minha senhora, a sua filha esta grávida de 3 meses!

- A minha filha? Ela nunca esteve sozinha com um homem! Não é verdade, minha filha?

- Eu nem sequer beijei ainda um homem, mãe!

O médico tira um binóculo da gaveta, aproxima-se da janela e ficou calado, a olhar para o infinito.

Passados minutos, a mãe, admirada e farta, perguntou ao médico o que se passava.

O médico respondeu:

- Da última vez que isto aconteceu, nasceu uma estrela no Oriente e chegaram três reis magos. Desta vez não vou perder o espetáculo!

Matando um peixe

Como as loiras tentam matar um peixe?

- Afogando-o!