Anedotas de Loucos

8 / 15

Viagem ao Japão

Dois loucos estão numa rua, quando um diz para o outro:

- Olha um buraco! Será que dá para a ir para o Japão nele?

- Claro que não, seu maluco! Não estás a ver que não temos passagens?!

Mais anedotas de Loucos

Foi tudo entre família!

O Zé marujo chega a casa, de madrugada, depois de 15 dias no mar, corre para o quarto e deu 3 quecas.

Quando acabou foi beber água e vê a esposa a beber café na sala!

- Amor, não estavas agora mesmo no quarto?

- Não, é a minha mãe que veio fazer-me companhia.

- Mas eu cheguei com saudades, pensei que eras tu e dei-lhe 3 quecas.

A esposa vai ao quarto:

- Então mãe! Porque não disse ao Zé que não era eu?

- Sabes bem que não falo com ele há 5 anos… não era agora que ia falar!

No golfe

Uma loura estava a ter lições de golfe, estava a sair-se muito mal e continuava a mandar a bola para as árvores ou apenas batia na relva com o taco, o instrutor estava já desesperado e finalmente disse:

- Acho que o problema é com o seu "grip" no taco, devia agarrá-lo mais levemente e gentilmente, imagine que o taco é o coiso de um homem.

A loura pensou nisto por um instante, pegou no taco e deu na bola de golfe, esta voou lindamente até ao green e rolou até ao buraco.

O instrutor ficou petrificado e exclamou:

- Essa foi uma tacada genial! Agora, da próxima vez, agarre no taco com as mãos e não com a boca.

Inspeção a uma quinta

Um agente da ASAE vai a uma propriedade e diz ao dono, um velho agricultor:

- Preciso inspecionar a sua propriedade. Há uma denúncia de plantação ilegal.

O agricultor diz:

- Ok! Inspecione o que quiser, mas não vá àquele campo ali.

E aponta para uma determinada área.

O agente da ASAE diz indignado:

- O senhor sabe que tenho o poder da autoridade comigo?

E tira do bolso um crachá mostrando ao agricultor:

- Este crachá dá-me a autoridade de ir onde quero e entrar em qualquer propriedade. Não preciso pedir ou responder a nenhuma pergunta. Está claro? Fiz-me entender?

O agricultor, muito educado, pede desculpa e volta para o que estava a fazer.

Poucos minutos depois, ouve uma gritaria e vê o agente de autoridade a correr para salvar e sua própria vida perseguido pelo Asdrúbal, o maior touro da quinta.

A cada passo o touro vai chegando mais perto do agente, que parece que será apanhado antes de conseguir alcançar um lugar seguro.

O agente está apavorado.

O agricultor larga as ferramentas, corre para a cerca e grita com todas as forças de seus pulmões:

- O Crachá, mostre-lhe o CRACHÁ!