Anedotas de Ignorância

20 / 95

Quase que acertava!

Dois amigos encontram-se, diz um:

- Então, estás melhor?

- Estou na mesma! - responde o amigo.

Pergunta o primeiro:

- Então, não foste ao médico que te disse?

Responde o outro:

- Fui…

E o primeiro:

- E o médico acertou o que tinhas?

Responde o segundo:

- Quase! Eu tinha 100 euros… e ele levou-me 90!

Mais anedotas de Ignorância

Amigos, amigos, porcos à parte

Há dois alentejanos que vão à feira de Beja e compram dois porcos, um para cada um.

Então, chegam à aldeia e metem os dois porcos na mesma pocilga.

Entretanto, anoitece e um dos compadres começa-se a lembrar:

"Os dois porcos estão na pocilga. Temos de fazer um sinal aos porcos para saber qual é o porco de um e o porco do outro."

No outro dia, diz um compadre para o outro:

- Compadre, temos de fazer um sinal aos porcos para saber qual é o porco de um e o porco do outro!

- Tá bem!

No outro dia encontram-se, e diz um para o outro:

- Então compadre, já fez o sinal ao porco?

- Já sim senhor! Cortei-lhe metade do rabo.

- Ó compadre, você não quer lá ver que eu fiz o mesmo ao meu?!

- Não há problema compadre! A gente faz outro sinal.

No outro dia:

- Então compadre, qual foi o sinal que fez desta vez ao porco?

- Olhe compadre, cortei-lhe metade da orelha direita!

- Ó compadre, você não quer lá ver que eu fiz o mesmo ao meu?!

- Mas olhe! Deixe lá isso, você fica com o branco que eu fico com o preto!…

Uma simples boleia

Uma freira estava andando pela rua quando de repente uma loira lhe ofereceu boleia.

Muito agradecida, ela aceitou e entrou no carro.

Um reluzente carro desportivo vermelho com estofo de couro.

- Que belo carro a senhora tem - comentou a irmã - deve ter trabalhado ardentemente para tê-lo comprado, não é mesmo?

- Não foi bem assim não, irmã - respondeu a loira - na verdade eu ganhei de um empresário que dormiu comigo por um tempo!

A freira não diz nada.

Então ela olha para o banco traseiro e vê um belo casaco de vison…

- O seu casaco de peles é muito bonito! Deve ter custado uma fortuna, não?

- Na verdade não me custou muito… Ganhei por causa de algumas noites que eu passei com um jogador de futebol…

Então a freira não falou mais nada durante toda a viagem.

Chegando ao convento ela foi para o quarto e de repente alguém bate na porta.

- Quem é?

- Sou eu! O Padre Osvaldo!

- Vai-te lixar, tu e as tuas pastilhas de menta!

Gabinete do diretor

Estão três meninos no gabinete do diretor por se terem portado mal.

O diretor perguntou ao primeiro:

- Carlos, o que fizeste?

- Eu pintei grafites nas paredes da sala.

- Vai já imediatamente limpar essas bagunças e ficarás, como castigo, sem recreio durante uma semana. E tu, Henrique?

- Eu pus três alfinetes no assento do professor.

- Vai imediatamente pedir desculpa ao professor e ficarás, como castigo, sem recreio durante duas semanas. E tu, Filipe?

- Eu atirei o Caixote pela janela fora.

- Bem, para comparar com o que fizeram os teus amigos, isso não é grave. Não serás castigado. Agora depressa, desapareçam da minha vista e portem-se bem.

Os meninos saíram do gabinete, quando entra um quarto miúdo, coberto de pensos e ligaduras.

O diretor perguntou:

- O que te aconteceu? Como te chamas?

- Chamo-me Pedro, mas os meus amigos chamam-me Caixote por eu gostar muito de colecionar caixas!