Anedotas Club

Anedotas de Ignorância

18 / 93

Quase que acertava!

Dois amigos encontram-se, diz um:

- Então, estás melhor?

- Estou na mesma! - responde o amigo.

Pergunta o primeiro:

- Então, não foste ao médico que te disse?

Responde o outro:

- Fui…

E o primeiro:

- E o médico acertou o que tinhas?

Responde o segundo:

- Quase! Eu tinha 100 euros… e ele levou-me 90!

Mais anedotas de Ignorância

No golfe

Uma loura estava a ter lições de golfe, estava a sair-se muito mal e continuava a mandar a bola para as árvores ou apenas batia na relva com o taco, o instrutor estava já desesperado e finalmente disse:

- Acho que o problema é com o seu "grip" no taco, devia agarrá-lo mais levemente e gentilmente, imagine que o taco é o coiso de um homem.

A loura pensou nisto por um instante, pegou no taco e deu na bola de golfe, esta voou lindamente até ao green e rolou até ao buraco.

O instrutor ficou petrificado e exclamou:

- Essa foi uma tacada genial! Agora, da próxima vez, agarre no taco com as mãos e não com a boca.

O pinguim

Um alentejano que morava numa casa à beira da praia encontra um pinguim à sua porta e fica espantado.

Sem saber o que fazer com o bichinho, pergunta ao seu vizinho Joaquim:

- Ó Quim, este animalzinho apareceu de repente à porta de minha casa! O que devo fazer com ele?

E o Joaquim:

- Ó Manuel, você tem que pegar nele e levá-lo ao jardim zoológico!

O Manuel:

- Mas que ótima ideia, Joaquim! Obrigado!

No dia seguinte, o Joaquim vê o Manuel a chegar em casa.

Levava o pinguim com uma coleirinha no pescoço.

Admirado, pergunta ao vizinho:

- Ó Manuel, que diabo você está a fazer com este pinguim? Não o levou ao jardim zoológico?

E o Manuel, sorridente:

- Levei sim e ele adorou! Hoje, vou levá-lo ao cinema!

Mais um bilhete

Uma loira foi ao cinema.

Chega ao balcão e diz:

- Quero mais um bilhete para a próxima sessão.

- Mas já é a quarta vez que está a comprar o bilhete para a mesma sessão! - responde o homem intrigado.

E diz a loira:

- Pois é! Mas cada vez que vou entrar no cinema, está lá um homem que me rasga o bilhete!