Anedotas Club

Anedotas de Ignorância

91 / 91

Peixinho frito

Um homem muito pobre, que passava os dias a pedir de porta em porta, um dia bate à porta de uma senhora bastante rica…

- Minha senhora, dê-me qualquer coisa para comer…

A senhora:

- Gosta de peixe frito de um dia para o outro?

- Gosto sim - prontamente responde o pobre…

Ao qual a senhora diz:

- Então venha cá amanhã que eu vou fritá-lo hoje!!!

Mais anedotas de Ignorância

Uma caixa muito pesada

Seis homens carregam uma caixa muito pesada pelas escadas de um prédio muito alto, já no quarto andar um deles resolve ir ver quantos andares faltam. Volta e diz:

- Tenho duas notícias… Uma boa e uma má! Um deles responde:

- Conta só a boa, a má contas quando chegarmos!

- Ok, faltam ainda 6 andares.

Continuam a subir e quando chegaram ao décimo andar um deles pergunta:

- Qual é a outra notícia?

Ele responde:

- O prédio não é este!

No golfe

Uma loura estava a ter lições de golfe, estava a sair-se muito mal e continuava a mandar a bola para as árvores ou apenas batia na relva com o taco, o instrutor estava já desesperado e finalmente disse:

- Acho que o problema é com o seu "grip" no taco, devia agarrá-lo mais levemente e gentilmente, imagine que o taco é o coiso de um homem.

A loura pensou nisto por um instante, pegou no taco e deu na bola de golfe, esta voou lindamente até ao green e rolou até ao buraco.

O instrutor ficou petrificado e exclamou:

- Essa foi uma tacada genial! Agora, da próxima vez, agarre no taco com as mãos e não com a boca.

Demasiado poder

Um comandante, achando que os seus subordinados não estavam a respeitar a sua liderança, resolveu colocar a seguinte placa na porta do seu gabinete, logo que chegou pela manhã:

- "Aqui quem manda sou eu!"

Ao voltar de uma reunião, encontrou o seguinte bilhete junto à placa:

- "Sua esposa ligou e disse para o senhor levar a placa dela de volta para casa."