Anedotas Club

Anedotas de Religião

6 / 19

Não havia!

Um muçulmano devoto entra num táxi.

Uma vez sentado, pede ao taxista para desligar o rádio, porque não quer ouvir música, como decretado na sua religião, e porque no tempo do profeta não havia música, especialmente música ocidental, que é música dos infiéis.

O motorista do táxi educadamente desliga o rádio, sai do carro, dirige-se à porta do lado do cliente e abre-a.

O árabe pergunta:

- O que é que você está a fazer?

- No tempo do profeta não havia táxis, por isso saia e espere pelo próximo camelo!

Mais anedotas de Religião

A grande viagem

A professora aponta para o mapa e diz:

- Hoje vamos até a Coimbra - disse a professora.

E então diz o Joãozinho:

- Ó professora, espere um bocadinho tenho de avisar os meus pais!

Joãozinho incomoda a Dona Maria

Alguém toca a campainha da casa da Dona Maria. Ao abrir ela encontra o Joãozinho.

- Dona Maria, eu posso entrar lá no seu quintal?

- Não. Deixa que eu vou lá por ti. Que é que foi que caiu lá desta vez?

- A minha flecha.

- E onde é que ela está?

- Espetada no seu gato.

Não havia!

Um muçulmano devoto entra num táxi.

Uma vez sentado, pede ao taxista para desligar o rádio, porque não quer ouvir música, como decretado na sua religião, e porque no tempo do profeta não havia música, especialmente música ocidental, que é música dos infiéis.

O motorista do táxi educadamente desliga o rádio, sai do carro, dirige-se à porta do lado do cliente e abre-a.

O árabe pergunta:

- O que é que você está a fazer?

- No tempo do profeta não havia táxis, por isso saia e espere pelo próximo camelo!