Anedotas de Bêbados

17 / 27

Já chegamos!

Três bêbados entram num táxi.

O taxista reparou que não estavam no seu perfeito juízo.

Ligou o motor do carro, acelerou sem sair do lugar e disse:

- Já chegamos.

O primeiro bêbado pagou, o segundo agradeceu e o terceiro bateu no taxista.

O taxista perguntou:

- Porque me bates?

O bêbado responde:

- Da próxima modere a velocidade porque quase nos matava!

Mais anedotas de Bêbados

Já sei andar de bicicleta

O Joãozinho diz à mãe:

- Mãe, hoje vou aprender a andar de bicicleta!

A mãe concordou.

Lá foi o Joãozinho todo contente.

Passado algum tempo chama pela mãe e grita:

- Mãe, olha, eu sem mãos!

Passado mais um bocado, grita:

- Mãe, olha, eu sem pés!

Passado outro bocado diz ele:

- Mãe, olha, eu sem dentes!

Bêbados num beliche

Dois bêbados resolvem dormir num beliche.

O que ficou por cima, antes de adormecer, resolve rezar:

- Com Deus me deito, com Deus me levanto e mais a virgem Maria e o espírito Santo.

De repente, cai da cama abaixo.

O amigo vira-se e diz:

- Estás a ver o que dá dormir com muita gente!

Problemas pouco saudáveis

Um grande apreciador de copos vai ao médico, acompanhado da sua mulher.

Explica o homem:

- Doutor, sinto náuseas, dores no corpo, boca seca…

- Você fuma? - pergunta o médico.

Diz o homem:

- Uns cinquenta cigarros por dia!

- Ah! Aí está o problema - interrompeu o médico - Pare de fumar imediatamente e voltará a ter uma saúde de ferro!

Já fora do consultório a sua mulher o interpela:

- Tu nunca fumaste um único cigarro. Porque é que mentiste?

Explica o homem:

- Se eu dissesse que não fumava ele iria perguntar se eu bebia, e aí, meu Deus, lá se ia os vinhos, cervejas!