Anedotas Club

Anedotas de Alentejanos

25 / 29

O pinguim

Um alentejano que morava numa casa à beira da praia encontra um pinguim à sua porta e fica espantado.

Sem saber o que fazer com o bichinho, pergunta ao seu vizinho Joaquim:

- Ó Quim, este animalzinho apareceu de repente à porta de minha casa! O que devo fazer com ele?

E o Joaquim:

- Ó Manuel, você tem que pegar nele e levá-lo ao jardim zoológico!

O Manuel:

- Mas que ótima ideia, Joaquim! Obrigado!

No dia seguinte, o Joaquim vê o Manuel a chegar em casa.

Levava o pinguim com uma coleirinha no pescoço.

Admirado, pergunta ao vizinho:

- Ó Manuel, que diabo você está a fazer com este pinguim? Não o levou ao jardim zoológico?

E o Manuel, sorridente:

- Levei sim e ele adorou! Hoje, vou levá-lo ao cinema!

Mais anedotas de Alentejanos

Cabelos brancos

O pai diz ao Joãozinho:

- Por cada asneira que tu fazes, fico com mais um cabelo branco.

O Joãozinho responde:

- Porra, então tu devias fazer muitas asneiras, olha para os cabelos da avó!

Desaparecimento da sogra

O homem entra na esquadra, dirige-se ao balcão e diz:

- Queria reportar o desaparecimento da minha sogra.

- Com certeza. Quando é que ela desapareceu?

- Há duas semanas?

- Duas semanas? Como assim? E você só agora é que vem participar o desaparecimento?

- Sabe como é… Eu nem conseguia acreditar que tivesse tido tanta sorte…

De férias no Alentejo

Um casal em férias passeava pelo Alentejo.

Diz o marido:

- Querida, estamos perto de Barrancos, aquela terra onde matam os touros. Queres aproveitar e ir até lá?

- Não vale a pena, querido. Tu nem sequer tens seguro de vida…