Anedotas Club

Anedotas de Alentejanos

26 / 29

Mosquitos iluminados

Dois alentejanos resolvem ir acampar.

Ao cair da noite, o local escolhido para o efeito começa a ficar cheio de mosquitos, pelo que resolvem abrigar-se dentro das tendas, por debaixo dos cobertores.

Passado algum tempo, um dos alentejanos observa uns insetos luminosos a aproximarem-se (pirilampos) e diz ao outro:

- √ď Maneli, √© melhor irmos embora porque os danados foram buscar lanternas...

Mais anedotas de Alentejanos

O ba√ļ

O Jo√£o casou-se com a Joana e no dia do casamento a Joana levou para casa um grande ba√ļ. Pediu para que Jo√£o respeitasse a sua individualidade e nunca abrisse o ba√ļ. Durante 50 anos de casamento, o Jo√£o nunca abriu o ba√ļ. No entanto, o Jo√£o n√£o aguentou e perguntou √† Joana o que tinha naquele ba√ļ. Ela resolve mostrar o ba√ļ. Ao abrir, Jo√£o viu 60 mil euros e quatro batatas. Curioso, perguntou porqu√™ quatro batatas. Ela confessa:

- De cada vez que te trai, coloquei uma batata no ba√ļ.

O Jo√£o ficou furioso, mas pensou um pouco e disse para si mesmo:

- Vou perdoar… Quatro batatas em 50 anos, significam uma traição a cada 12,5 anos. Então ele perguntou o que significavam os 60 mil euros. Responde a Joana:

- Sempre que o ba√ļ ficava cheio de batatas, eu vendia-as.

N√£o h√° raz√£o para alarme!

Num avi√£o de uma companhia internacional, um dos reatores rebenta no ar. Os passageiros entram em p√Ęnico. Logo a seguir rebenta outro. O p√Ęnico acentua-se. Da cabine dos pilotos vem a mensagem apaziguadora do comandante:

- Senhores passageiros, não há razão para alarme, agradeço que permaneçam nos seus lugares, a situação está completamente controlada.

Nisto rebenta o terceiro reator. O chefe da cabine sai a correr do fundo do avião com três mochilas na mão. Um dos aflitos passageiros arranja interpela-o:

- Desculpe, isso que leva aí é o quê?

- S√£o para-quedas para a tripula√ß√£o‚Ķ ‚Äď responde o tripulante.

Exclama o passageiro:

- Mas o capit√£o acabou de dizer que est√° tudo sob controle!

E responde o tripulante:

- E está! Nós vamos só sair um bocadinho para ir buscar ajuda…

Mais um bilhete

Uma loira foi ao cinema. Chega ao balc√£o e diz:

- Quero mais um bilhete para a próxima sessão.

- Mas j√° √© a quarta vez que est√° a comprar o bilhete para a mesma sess√£o! ‚Äď responde o homem intrigado.

E diz a loira:

- Pois é! Mas cada vez que vou entrar no cinema, está lá um homem que me rasga o bilhete!