Anedotas Club

Anedotas de Joãozinho

8 / 17

Cadeiras

O Joãozinho pergunta ao pai:

- Pai, como é que um bêbado se sente?

O pai responde:

- Filho, vê aquelas duas cadeiras ali à frente. Um bêbado veria quatro cadeiras.

E o Joãozinho responde:

- Mas pai, ali só está uma cadeira!

Mais anedotas de Joãozinho

Um belo dia na piscina!

Certo dia, num hospício, o diretor vai ao pé de um enfermeiro e diz:

- O hospício está superlotado, vamos ter que fazer uma seleção para decidir quem está bom para ir embora.

Então o enfermeiro e o diretor vão ao pátio onde estavam todos os loucos na hora do recreio e os observam.

Os loucos estavam todos na caixa de areia, e o diretor perguntou ao enfermeiro:

- O que é que eles estão fazendo?

O enfermeiro responde:

- Eles estão brincando de piscina! Repare bem, aquele está nadando de borboleta, mas já este é de costas.

O diretor meio confuso repara que havia um louco que estava só no cantinho olhando para todos e pergunta ao enfermeiro:

- E aquele o que faz?

- Aquele é o salva-vidas!

No golfe

Uma loura estava a ter lições de golfe, estava a sair-se muito mal e continuava a mandar a bola para as árvores ou apenas batia na relva com o taco, o instrutor estava já desesperado e finalmente disse:

- Acho que o problema é com o seu "grip" no taco, devia agarrá-lo mais levemente e gentilmente, imagine que o taco é o coiso de um homem.

A loura pensou nisto por um instante, pegou no taco e deu na bola de golfe, esta voou lindamente até ao green e rolou até ao buraco.

O instrutor ficou petrificado e exclamou:

- Essa foi uma tacada genial! Agora, da próxima vez, agarre no taco com as mãos e não com a boca.

Tem cuidado!

Uma loira viajou para o Rio de Janeiro no fim-de-semana.

Antes de partir um amigo deu uma recomendação:

- Tem cuidado, pois no Rio de Janeiro na sombra estão 50 graus!

A loira agradeceu o conselho, mas um mês depois retornou mais bronzeada que um carvão.

Ao encontrar o amigo, ele pergunta:

- Eu não te avisei para tu tomares cuidado?

E a loira responde:

- Pois é, tu disseste que na sombra estavam 50 graus e por isso eu andei sempre no lado do sol!