Anedotas de Ignorância

11 / 95

Salta!

Num avião estão recrutas de paraquedas que estão a fazer o seu primeiro salto.

No meio deles, haviam alguns que ficavam com medo e deixavam de querer saltar.

Apesar dessa situação, o instrutor acabava por os empurrar sempre para fora do avião.

Mais perto do fim da lição, quando faltavam dois, o penúltimo acaba por dar imensa luta, mas isso não impediu o instrutor de o empurrar também para fora.

O último recruta acaba por rir às gargalhadas e o instrutor vira-se e pergunta:

- Tu achas que a covardia é engraçada?

O recruta responde:

- Não, mas esse era o piloto - e o recruta salta.

Mais anedotas de Ignorância

Missa

Numa pequena povoação, mesmo junto à fronteira com Espanha, a igreja fica cheia para a missa das 10, com portugueses, espanhóis, o presidente da junta, etc. O padre começa o sermão:

- Irmãos, estamos hoje aqui reunidos para falar dos Fariseus… Aquele povo desgraçado, como esses espanhóis que estão aqui…

O maior tumulto tomou conta da igreja. Os espanhóis ofenderam o padre. Houve porrada no adro. O presidente da junta levou as mãos à cabeça e, indignado, foi falar com o padre na sacristia:

- Sr. padre, vá devagar, os espanhóis vêm para este lado, gastam nas lojas, nos restaurantes, trazem euros para Portugal. Não faça mais provocações.

Durante a semana, a conversa entre todos era a mesma: o padre e o sermão do domingo. Aquele zum-zum todo foi fazendo com que as pessoas ficassem curiosas e a querer saber mais sobre o que tinha acontecido. Finalmente, chega domingo. O presidente da junta vai à sacristia e fala com o padre:

- Sr. padre, o senhor lembra-se da nossa conversa, certo? Por favor, não arranje nenhum problema hoje!

Chega a missa, e o padre começa o sermão:

- Irmãos… Estamos hoje aqui reunidos para falar de uma pessoa da Bíblia: Maria Madalena. Aquela mulher, prostituta que tentou Jesus, como essas espanholas que estão aqui…

De novo uma caldeirada: pancadaria na igreja, partiram velas nos corredores, chapadas, socos e alguns internamentos no hospital mais próximo que, por acaso, ficava em Espanha.

O presidente da junta foi novamente ter com o padre:

- Sr. padre, eu não lhe disse para ir com mais calma? Se o senhor não amansar, vou escrever uma carta ao Bispo e pedir a sua retirada imediata.

Naquela semana, as conversas sobre o sucedido abundavam ainda mais. Ninguém iria perder a missa do próximo domingo, nem que a vaca tossisse. Na manhã de domingo, o presidente da junta entra na sacristia com o graduado da GNR e adverte o padre:

- Sr. padre, não provoque os espanhóis desta vez, senão acuso-o de provocação de tumulto e vai preso!

A igreja estava abarrotada. Quase não se conseguia respirar de tanta gente. Começa o sermão:

- Irmãos… Estamos hoje aqui reunidos, para falar do momento mais importante da vida de Cristo: a Santa Ceia. (O presidente da junta respirou aliviado.) Jesus, naquele momento, disse aos apóstolos:

"- Esta noite, um de vós me trairá.
Então, João pergunta: Mestre, sou eu?
E Jesus responde: Não, João, não serás tu.
Pedro pergunta: Mestre, sou eu?
E Cristo responde: Não, Pedro, não serás tu.
Então, Judas pergunta: Mestre, soy yo?"

A pancadaria foi geral…

Tempos

Na aula de português, pergunta o professor ao Joãozinho:

- Chovia, que tempo é?

E responde o Joãozinho:

- É tempo muito mau, senhor professor…

Se eu soubesse

A esposa diz para o marido:

- Se eu soubesse que você era tão pobre, nem teria casado contigo!

Ao que o marido responde:

- Mas não foi por falta de aviso! Eu sempre te disse: TU ÉS TUDO O QUE TENHO!