Anedotas Club

Anedotas de Políticos

12 / 13

As promessas do político

Certo dia um político, em plena campanha eleitoral deslocou-se ao Alentejo.

O homem falava e ninguém batia palmas, então passou a fazer promessas e mesmo assim… nada, ninguém se manifestava.

Já desesperado tentou a última promessa que no Alentejo não devia falhar… o homem disse em plenos pulmões:

- E eu… prometo… que… se for eleito… aqui no Alentejo… os Alentejanos… só trabalham 1 dia por ano…

Mesmo assim ninguém se mexeu, apenas se ouviu uma voz lá no fundo:

- ATÃO E AS FÉRIAS PAH… NÃO HÀ?

Mais anedotas de Políticos

Impossível!

O camponês vai com a família passar uns dias na cidade.

Ao chegar a um hotel, parou estupefacto em frente ao elevador tentando entender para que servia uma porta com tanta luz piscando.

De repente, uma senhora bem velhinha entra no elevador, a porta se fecha e ela desaparece.

Pouco depois a porta abre-se novamente e o homem dá de caras com uma mulher muito mais jovem e bonita.

Entusiasmado, ele grita para o filho:

- Pedro, vai a correr chamar a tua mãe!

Viborazinha em pânico

A viborazinha entra em casa a correr, apavorada:

- Mãe, mãe!

- Que foi, filhinha?

- É verdade que nós somos venenosas?

- Sim, filhinha, somos venenosas… porque perguntas?

- É que eu mordi a língua…

Tu és dinamite!

Um grupo de motards vinha por uma estrada, quando de repente se deparam com uma jovem mulher a ponto de pular de uma ponte.

Eles param e o líder se aproxima desta e pergunta:

- Que diabos você está a fazer?

- Vou me suicidar - responde a jovem.

O motard pensa por alguns segundos e diz:

- Bom, antes de saltar porque não me dás um beijo?

Ela acena com a cabeça, coloca de lado os cabelos e dá um longo beijo na boca do motard.

Os companheiros aplaudem, o motard recupera o fôlego e admite:

- Esse foi o melhor beijo que me deram na vida. Se morreres será um desperdício. Porque queres morrer?

- Meus pais são muito antiquados, não gostam que eu me vista de mulher!