Anedotas de Ignorância

35 / 93

Poderia aguardar um momento?

Um jovem advogado recém-licenciado, montou um luxuoso escritório num prédio de alto padrão, e colocou na porta uma placa dourada: Dr. António Soares - Especialista em Direito Tributário.

No 1º dia de trabalho, chegou bem cedo, vestindo o seu melhor fato, sentou-se atrás da sua escrivaninha, e ficou aguardando o primeiro cliente.

Meia hora depois batem à porta.

Ele pede para a pessoa entrar e sentar-se, e rapidamente agarra no telefone fixo e começa a simular uma conversa:

- Mas é claro, Sr. Mendonça, pode ficar tranquilo! Nós vamos ganhar essa causa! O juiz já deu parecer favorável!… - Sei, sei… Como? Ah, os meus honorários? Não se preocupe! O senhor pode pagar os outros 50 mil na semana que vem!… - É claro!… O que é isso, sem problemas!… O senhor dá-me licença agora que eu tenho um outro cliente à espera… Obrigado… Um abraço!

Volta a colocar o telefone no sítio e diz:

- Bom dia, o que é que o senhor deseja?

- Eu vim instalar o telefone…

Mais anedotas de Ignorância

Na lua-de-mel

Na lua-de-mel, diz o noivo para a noiva:

- Olha, tenho um segredo para te contar…

- Diz.

- Eu sou daltónico…

- Não faz mal, eu já tinha percebido…

- Ai sim?

- Sim… E também tenho um segredo para te contar…

- Conta.

- Eu não sou sueca, sou cabo-verdiana…

Três amigos vão acampar

Três amigos foram passar uns dias ao campo.

No fim da primeira noite, houve um que disse assim:

- Não consegui dormir nada por causa das moscas.

- Eu não dormi por causa dos cães.

- Eu dormi muito bem! Tinha formigas na cama, mas matei uma sem querer e as outras foram todas ao funeral.

O que é que se passa aqui?!

Ao chegar mais cedo a casa, o marido encontra a mulher despida, deitada na cama e respirando ofegantemente.

- O que houve, querida? Tu estás a sentir-te mal?

- Acho que estou a ter um ataque cardíaco!

O marido corre como um louco para pegar o telefone e chamar a ambulância.

Enquanto tentava desesperadamente discar, o filho diz:

- Pai, há um fantasma no banheiro.

O marido vai até ao banheiro, abre a porta e encontra uma pessoa coberta por um lençol.

Ele puxa o pano e dá de caras com o seu melhor amigo totalmente despido.

Indignado, o marido diz:

- Pelo amor de Deus, Ricardo! A minha mulher está a ter um enfarte e tu ficas aí a assustar as crianças!