Anedotas de Ignorância

51 / 95

Um anão mole

Estava eu num bar quando entrou um anão e sentou no meu lado.

Depois de alguns minutos, ele escorregou do banco, e aí eu peguei rapidamente nele pelo braço e o coloquei sentado de novo!

Depois o anão escorregou de novo e consegui ajudá-lo outra vez!

Acaba por escorregar uma terceira vez e eu, já fulo, puxei ele para o banco de novo e disse:

- Tás feito fresco é? Vê se te seguras! Ou vais ficar escorregando toda a hora?

Aí o anão respondeu:

- Vai-te lixar! Já três vezes que eu tento descer e tu não deixas!

Mais anedotas de Ignorância

Loiras e golfinhos

Qual é a semelhança entre loiras e golfinhos?

- Ambas têm inteligência não comprovada.

Ajuda de quem

A professora diz aos alunos:

- Quem fez o trabalho de casa sem ajuda, que ponha o dedo no ar!

O Joãozinho não põe o dedo no ar.

- Agora quem fez com a ajuda da família, que ponha o dedo no ar! - pede a professora.

O Joãozinho não põe o dedo no ar.

- E quem fez com ajuda de outras pessoas, que ponha o dedo no ar! - diz a professora.

O Joãozinho não põe o dedo no ar.

A professora então pergunta:

- Então Joãozinho, qual foi a tua ajuda?

À qual o Joãozinho responde:

- A calculadora!

Porquê tanta gente?

Um compadre perguntou ao outro:

- O que aconteceu compadre? Porque está tanta gente assim na sua casa? Morreu alguém?

- Sim, compadre, meu burro matou a minha sogra com um coice!

- Haaaa, e toda essa gente conhecia a tua sogra?

- Não compadre, vieram comprar o burro!