Anedotas de Ignorância

50 / 93

A rusga

Zé da Boina, que estava só devido à maternidade da sua mulher, vai a uma casa de meninas e saca logo três para a cama.

Entretanto vem a rusga da polícia e grita:

- O que se passa aqui e quem são vocês?

Diz uma delas:

- Eu sou cabeleireira!

Diz a outra:

- Eu sou manicura!

Por fim diz a terceira:

- Eu sou pédicure!

Zé da Boina assustado grita:

- Mauuu… Querem ver que a p*** aqui sou eu!?

Mais anedotas de Ignorância

Contributo para o lar

Numa certa tarde, batem à porta e o dono da casa vai abrir:

- Boa tarde, desejava contribuir para o lar de 3º idade?

- Claro que sim! Esperem só um bocado que eu vou buscar a minha sogra!

Médico brilhante

Um médico, que não conseguia encontrar emprego, abre uma clínica e coloca uma placa a dizer: "Tenha o tratamento que precisa por 20 euros. Se não ficar curado, dou 100 euros".

Um homem passa pela clínica, e ao ler a placa pensa que é uma grande oportunidade de ganhar 100 euros e entra na clínica.

O homem diz o problema:

- Eu perdi o meu sentido do paladar.

Ao que o médico diz:

- Enfermeira, traga o remédio da caixinha 22 e pingue 3 gotas na boca do paciente.

Ao que o homem responde:

- Credo, isto é apenas xarope para a tosse!

O médico então diz:

- Parabéns, o seu paladar foi restaurado. Dê-me 20 euros.

O homem acaba por ficar irritado, e volta depois de alguns dias para recuperar o seu dinheiro:

- Eu perdi a minha memória, já não me lembro de nada.

O médico:

- Enfermeira, traga o remédio da caixinha 22 e pingue 3 gotas na boca do paciente.

O homem:

- Mas aquilo é o xarope para a tosse de novo. Você deu-me isso da última vez para restaurar o meu paladar!

O médico:

- Parabéns, você recuperou a sua memória. Dê-me 20 euros.

O homem, já fumegante, paga o chinês, e volta uma semana mais tarde determinado a ganhar os 100 euros.

O homem:

- A minha visão está muito fraca, e eu não consigo ver nada.

O médico:

- Bem, eu não tenho nenhum remédio para isso, sendo assim tome 100 euros.

O homem:

- Mas isto é uma nota de 20 euros!

O médico:

- Parabéns, a sua visão foi restaurada. Dê-me os 20 euros.

Segundos de loucura

Um tipo comprou um carro topo de gama e estava a dar uma volta numa estrada municipal à noite.

A capota estava recolhida, a brisa soprava levemente pelo seu cabelo e ele decidiu puxar um bocado pelo carro.

Assim que a agulha chegou aos 130 km, ele de repente reparou nas luzes azuis por trás dele.

- "De maneira alguma conseguem acompanhar um Mercedes" - pensou ele para consigo mesmo, e acelerou ainda mais.

A agulha bateu os 150, 170, 180 e, finalmente, os 200 km/h, sempre com as luzes atrás dele.

Entretanto teve um momento de lucidez e pensou:

- "Mas que raio é que eu estou a fazer?!" - e logo de seguida encostou.

O polícia chegou ao pé dele, pegou na carta de condução sem dizer uma palavra e examinou o carro.

- Eu tive um turno bastante longo e esta é a minha última paragem. Não estou com vontade de tratar de mais papeladas, por isso, se me der uma desculpa pela forma como conduziu que eu ainda não tenha ouvido, deixo-o ir!

- Na semana passada a minha mulher fugiu de casa com um polícia - disse o homem - e eu estava com medo que a quisesse devolver!

Diz o polícia:

- Tenha uma boa noite!