Anedotas Club

Anedotas de Família

48 / 56

Não rir!

Um homem apresenta-se com um lenço atado, dando a volta por cima da cabeça e por baixo do queixo, apertado.

- O que é isso, pá? - pergunta-lhe um amigo - Dói-te a cabeça? Os dentes? Ou foi algum desastre?

- Nada disso. Morreu a minha sogra.

- Então?... Morreu-te a sogra... e porque é que trazes os queixos amarrados?

- É para não me rir!!!

Mais anedotas de Família

Impossível!

O camponês vai com a família passar uns dias na cidade. Ao chegar a um hotel, parou estupefacto em frente ao elevador tentando entender para que servia uma porta com tanta luz piscando. De repente, uma senhora bem velhinha entra no elevador, a porta se fecha e ela desaparece. Pouco depois a porta abre-se novamente e o homem dá de caras com uma mulher muito mais jovem e bonita. Entusiasmado, ele grita para o filho:

- Pedro, vá a correr chamar a sua mãe!

Alentejano vai à praia bronzear-se

Um alentejano vai à praia para se bronzear. Deita-se na areia, adormece e quando acorda, vê um negro ao lado dele a apanhar sol.

- Oh compadri, há quanto tempo é que está cá?

- Dois dias - responde o homem.

Responde o alentejano:

- Porra! E eu que era pra ficar cá 15 dias!

As promessas do politico

Certo dia um político de direita, em plena campanha eleitoral deslocou-se ao Alentejo.

O homem falava e ninguém batia palmas, então passou a fazer promessas e mesmo assim... nada, ninguém se manifestava. Já desesperado tentou a última promessa que no Alentejo não devia falhar... o homem disse em plenos pulmões:

- E eu... prometo... que... se for eleito... aqui no Alentejo... os Alentejanos... só trabalham 1 dia por ano...

Mesmo assim ninguém se mexeu, apenas se ouviu uma voz lá no fundo:

- ATÃO E AS FÉRIAS PAH... NÃO HÀ???