Anedotas Club

Anedotas de Religião

17 / 19

Um pequeno teste

Morrem três raparigas e vão ter com o S. Pedro e este diz:

- Estamos sem espaço e para não entrar toda a gente vou fazer-vos um pequeno teste.

Para a 1.ª senhora:

- Qual foi a 1.ª mulher na terra?

- É fácil: foi a EVA.

- Pode entrar.

Para a 2.ª senhora:

- Qual foi o 1.º homem na terra?

- Foi Adão.

- Pode entrar.

E a outra pensa:

"Isto é super fácil!"

- E para si: qual foi a 1.ª coisa que Adão disse à Eva?

Diz a mulher muito baixinho:

- É pá, isto é mais difícil do que eu pensava!

- Pode entrar.

Mais anedotas de Religião

Roncos…

Um vendedor, que precisa repousar, chega a uma cidade do interior, já cansado do seu dia de trabalho e vai para o único hotel da cidade, mas que, infelizmente, não tem mais vaga.

O sujeito entra e diz:

- Dê um jeito, por favor, que preciso dormir, nem que seja uma cama apenas.

O rececionista responde:

- Olha, tenho um quarto com duas camas, onde está hospedado um sujeito que me disse que gostaria de dividir as despesas com alguém. Mas tenho que avisá-lo, o sujeito ronca até não mais poder… Tanto que os vizinhos telefonam queixando-se de que não conseguem dormir.

- Sem problema, fico com o quarto, preciso dormir!

O rececionista apresenta os hóspedes um ao outro e diz que o jantar está servido, para quem quiser.

No dia seguinte, o vendedor desce ao restaurante para tomar café e, contrariando as expectativas, estava bem disposto.

O rececionista pergunta:

- O senhor conseguiu dormir?

- Sem problema!

- Mas os roncos não o atrapalharam?

- Nada! Ele não roncou nem por um minuto.

- Como assim?

- Bom, foi simples. O sujeito já estava dormindo quando entrei no quarto. Então me aproximei da cama dele e beijei o rabo dele, dizendo: "Boa noite, coisa linda…", e o sujeito passou a noite toda, sentado na cama, olhando-me assustado, com medo de dormir.

Promessas e promessas

Certo dia um político, em plena campanha eleitoral deslocou-se ao Alentejo.

O homem falava e ninguém batia palmas, então passou a fazer promessas e mesmo assim… nada, ninguém se manifestava.

Já desesperado tentou a última promessa que no Alentejo não devia falhar… o homem disse em plenos pulmões:

- E eu… prometo… que… se for eleito… aqui no Alentejo… os Alentejanos… só trabalham 1 dia por ano…

Mesmo assim ninguém se mexeu, apenas se ouviu uma voz lá no fundo:

- ATÃO E AS FÉRIAS PAH… NÃO HÀ?

Consegues ver?

Um bêbado pergunta ao outro:

- Estás a ver aquela floresta?

- Não, aquelas árvores estão à frente!