Anedotas Club

Anedotas de Alentejanos

4 / 29

Mas está a chover?!

Um alentejano anda a regar a horta. Começa a chover, mas ele continua a regar. Passa um vizinho que lhe pergunta:

- Atão compadri! Está a choveri e vomeçê continua a regari?

Responde o agricultor:

- Ê cá nã preciso de favores de ninguém!

Mais anedotas de Alentejanos

Mesmo ninguém?

Um tipo fez análise durante cinco anos, até que descobriu que ele, o pai, o avô e os cinco tios tinham tendências homossexuais. O psicólogo estupefacto perguntou-lhe:

- Mas não há ninguém na sua família que goste de mulheres?

- Claro que há! As minhas quatro irmãs!

Morcegos sedentos

Dois morcegos estavam a falar um com o outro:

- Vou sair à procura de sangue OK?

- OK. Mas eu fico por aqui!

E lá foi o morcego todo sorridente, alguns minutos depois volta o morcego com a cara toda cheia de sangue e também partes do corpo; o outro rapidamente se interessa:

- Hei que espetáculo, onde é que conseguiste tanto sangue assim?

- Simples, estás a ver aquela árvore ali à esquerda?

- Sim.

- E estás a ver a outra ali mais à direita?

- Sim, estou a ver.

- Tás vendo aquela ali bem no meio das outras duas?

- Sim também a estou a ver.

- Pois, eu é que NÃO VI!

Tu és dinamite!

Um grupo de motards vinha por uma estrada, quando de repente se deparam com uma jovem mulher a ponto de pular de uma ponte. Eles param e o líder se aproxima desta e pergunta:

- Que diabos você está a fazer?

- Vou me suicidar - responde a jovem.

O motard pensa por alguns segundos e diz:

- Bom, antes de saltar porque não me dás um beijo?

Ela acena com a cabeça, coloca de lado os cabelos e dá um longo beijo na boca do motard. Os companheiros aplaudem, o motard recupera o fôlego e admite:

- Esse foi o melhor beijo que me deram na vida. Se morreres será um desperdício. Porque queres morrer?

- Meus pais são muito antiquados, não gostam que eu me vista de mulher!