Anedotas Club

Anedotas de Bêbados

22 / 26

Bêbados num beliche

Dois bêbados resolvem dormir num beliche. O que ficou por cima, antes de adormecer, resolve rezar:

- Com Deus me deito, com Deus me levanto e mais a virgem Maria e o espírito Santo.

De repente, cai da cama abaixo. O amigo vira-se e diz:

- Estás a ver o que dá dormir com muita gente!

Mais anedotas de Bêbados

Que dores de cabeça!

Um mágico trabalhava num navio, fazendo espetáculos para os passageiros. O público era diferente a cada semana, pois o mágico repetia sempre os mesmos truques. O papagaio do capitão via os shows e começava a entender como o mágico fazia os truques. Quando ele entendia um truque, começava a gritar no meio do espetáculo:

- Olha, não olhem para o mesmo chapéu!
- Olha, ele está escondendo as flores debaixo da mesa!
- Hei, porque é que todas as cartas são Às de Espada?

O mágico ficava furioso, mas não podia fazer nada. Afinal de contas era o papagaio do capitão. Então, um dia o navio afundou. O mágico acabou agarrado a um pedaço de madeira no meio do mar e por capricho do destino, junto do papagaio. Eles olharam um para o outro com ódio, mas não proferiram palavra alguma. Isto continuou por vários dias. Finalmente, no quinto dia, o papagaio não se conteve e disse:

- Ok, eu desisto! Onde é que enfiaste o navio?

A grande viagem

A professora aponta para o mapa e diz:

- Hoje vamos até a Coimbra - disse a professora.

E então diz o Joãozinho:

- Ó professora, espere um bocadinho tenho de avisar os meus pais!

Um padre na prisão

Um pastor evangélico é convidado para visitar um presídio no dia de Natal.

Durante a visita, os presos ouvem atentamente o que ele diz, e no final, o aplaudem.

Comovido, o pastor diz:

- Obrigado meus irmãos! No ano que vem, se Deus quiser, eu espero encontrar vocês aqui de novo!