Anedotas de Ignorância

28 / 95

Estupidez genética

Dois homens estão à conversa num bar:

- O meu filho é mais estúpido do que o teu!

- Não é nada! - respondeu o outro.

- Queres apostar?

- Tudo bem. Apostamos 20 euros!

- Ok. Gaspar, anda cá.

- Sim, pai.

- Toma estes 5 euros e vai ali à loja comprar uma televisão a cores.

- Está bem - respondeu o rapaz, saindo depois do bar com os 5 euros na mão.

O outro homem, por sua vez, chama o seu filho e diz-lhe:

- Tomás, vai lá a casa, num instante, e vê se eu lá estou.

- Está bem, pai - responde o filho, saindo igualmente do bar.

Os dois miúdos encontram-se na rua, por acaso, e comentam um com o outro:

- O meu pai é mais estúpido do que o teu!

- Não é nada! O meu é que é!

- Ah, sim? É que o meu pai deu-me 5 euros para comprar uma televisão a cores, e nem sequer disse qual era a cor que queria!

- Então e o meu? - continua o outro - disse-me para ir a casa ver se ele lá estava, e nem sequer me deu a chave!

Mais anedotas de Ignorância

Carro avariado

Uma loira, uma morena e uma ruiva viajavam num carro pelo deserto quando o mesmo avariou.

Elas decidiram continuar a viagem a pé e cada uma delas levaria uma parte do carro para ajudar na viagem.

A morena pega no radiador e diz:

- Assim, se ficarmos com sede, podemos beber!

A ruiva pega num banco e diz:

- Assim, se ficarmos cansadas, temos onde nos sentar!

A loira pega numa porta e diz:

- Assim, se ficarmos com calor, podemos abrir uma janela!

Na lua-de-mel

Na lua-de-mel, diz o noivo para a noiva:

- Olha, tenho um segredo para te contar…

- Diz.

- Eu sou daltónico…

- Não faz mal, eu já tinha percebido…

- Ai sim?

- Sim… E também tenho um segredo para te contar…

- Conta.

- Eu não sou sueca, sou cabo-verdiana…

Check up

Um homem vai à capital para um exame periódico de saúde.

- Você bebe?

- Dois ou três copos de vinho às refeições e um uisquinho à Noite…

- Fuma?

- Dois charutos por dia…

- E… quanto a sexo?

- Duas ou três vezes por mês.

- Só!? Com a sua idade e a sua saúde? Mais velho sou eu e chegou a ter duas a três vezes por semana.

- Pois… só que você é médico em Lisboa e eu sou padre em Évora.