Anedotas Club

Anedotas de Loiras

27 / 36

Espetáculo com ventríloquo

Um ventríloquo está a fazer o seu número, com o seu boneco de madeira ao seu colo.

O seu reportório para o espetáculo incide maioritariamente sobre a burrice das loiras.

A dada altura, uma loira levanta-se no meio da audiência e desata a berrar:

- Já estou farta disto! Já ouvi piadas que cheguem a denegrir as loiras! O senhor é um idiota! O que é que o faz pensar que pode estereotipar as mulheres dessa maneira? São homens como você que impedem que mulheres como nós sejam respeitadas! É por sua causa e por causa das pessoas da sua laia que esta discriminação se perpetua!

O ventríloquo fica embaraçado e tenta desculpar-se:

- Mas, minha senhora... isto é só um espetáculo...

- O senhor não se meta que eu não estou a falar consigo! Estou a falar com esse rapazinho que está sentado ao seu colo!

Mais anedotas de Loiras

História e Matemática

Um dia a História pergunta à Matemática:

- Porque tens muitos problemas?

E a Matemática responde:

- Tu não me venhas com as tuas histórias!

Bêbados na ponte

Iam dois bêbados na ponte, quando um deles se desequilibra e cai no rio.

De imediato o outro foi pedir socorro, mas quando o tiraram da água já estava morto.

- Então, como é que ele está? - perguntou o outro bêbado.

- Bebeu água a mais.

- Está a ver. Bebe água pela primeira vez e morre.

Gato maluco

Depois de passar a noite com a amante, o marido entra em casa e percebe que está com um arranhão na cara feito pela amante. Ao ver o gato estendido no sofá, tem a brilhante ideia de assustar o animal, que acaba por miar alto! Com o barulho, a mulher acorda assustada e pergunta:

- Que barulho foi esse?

- Foi o gato! - responde o marido - entrei em casa e ele atirou-se a mim e arranhou-me!

- É verdade! - concorda a mulher - este gato está impossível! Olha só o chupão que ele me deu no pescoço!