Anedotas Club

Anedotas de Loucos

14 / 15

Doidos pintam parede de manicômio

Empoleirado numa escada comprida, um doido pinta uma parede do manicómio e outro serve de ajudante, segurando a escada ao pintor.

A certa altura diz o ajudante para o pintor:

- Agarra-te bem à trincha que eu vou mudar a escada.

Mais anedotas de Loucos

Aposta com uma loira

Manuel entrou num bar por volta das 20 horas.

Escolheu um lugar junto de uma loira esplendorosa.

Sua atenção foi atraída para o aparelho de TV no momento em que começavam as notícias do dia.

A reportagem cobria a notícia de um homem que estava prestes a atirar-se do alto de um enorme edifício.

A loira voltou-se para o Manuel e disse:

- Você acha que ele vai saltar?

Manuel respondeu:

- Eu aposto que vai saltar.

A loira respondeu:

- Bem, eu aposto que não vai.

Manuel pôs uma nota de 20 euros na mesa e exclamou:

- Vamos apostar?

- Sim!

Logo que a loira colocou o seu dinheiro na mesa, o homem atirou-se e morreu no momento em que se esborrachou no solo.

A loira ficou muito aborrecida, mas aceitou a derrota:

- Aposta é aposta. É justo. Fique com meus 20 euros.

Manuel respondeu:

- Não posso aceitar seu dinheiro. Eu já tinha visto o incidente no noticiário das 18 horas. Eu sabia que ele iria saltar.

A loira respondeu:

- Também vi, mas nunca pensei que ele saltasse outra vez.

Problemas pouco saudáveis

Um grande apreciador de copos vai ao médico, acompanhado da sua mulher.

Explica o homem:

- Doutor, sinto náuseas, dores no corpo, boca seca…

- Você fuma? - pergunta o médico.

Diz o homem:

- Uns cinquenta cigarros por dia!

- Ah! Aí está o problema - interrompeu o médico - Pare de fumar imediatamente e voltará a ter uma saúde de ferro!

Já fora do consultório a sua mulher o interpela:

- Tu nunca fumaste um único cigarro. Porque é que mentiste?

Explica o homem:

- Se eu dissesse que não fumava ele iria perguntar se eu bebia, e aí, meu Deus, lá se ia os vinhos, cervejas!

Boleia a anão

Dois amigos conversam:

- Hoje vi um anão numa paragem e acabei por lhe oferecer boleia até casa!

- E ele aceitou?

- Não!

- Um pouco ingrato. E tu? O que fizeste?

- Olha, fechei a mochila e continuei o caminho.