Anedotas Club

Anedotas de Bêbados

7 / 26

O poste

Um bêbado está pendurado num poste cantando, até que chega um Guarda e diz:

- Desça já daí!

O bêbado desce e o Guarda pergunta:

- Quem é você?

- Já não se lembra de mim? Sou o mesmo de lá de cima!

Mais anedotas de Bêbados

Filhos sem nada para comer

Havia uma família em que o marido chegava a casa e os filhos estavam todos a chorar com fome.

E a mulher dizia sempre assim:

- Então Joaquim, o que trouxestes hoje para a gente comer?

- Não trouxe nada!

- Então os miúdos estão a chorar com fome?!

- Espera aí, que eu vou já resolver! Chama lá o mais pequeno!

Ele puxa uma cadeira, põe o miúdo ao colo e diz:

- Então filho?! O que é que dizias agora a um bife com batatas fritas?

- Aí, meu pai! Era tão bom!

- Ah, então depois uma sopa assim bem quentinha?!

- Aí, era uma maravilha!

- Ah, e depois da sopa assim um gelado?!

O miúdo não disse nada.

O homem, ao ver que este já estava a dormir diz:

- Maria, traz-me o outro que este já jantou!

Ajuda de quem

A professora diz aos alunos:

- Quem fez o trabalho de casa sem ajuda, que ponha o dedo no ar!

O Joãozinho não põe o dedo no ar.

- Agora quem fez com a ajuda da família, que ponha o dedo no ar! - pede a professora.

O Joãozinho não põe o dedo no ar.

- E quem fez com ajuda de outras pessoas, que ponha o dedo no ar! - diz a professora.

O Joãozinho não põe o dedo no ar.

A professora então pergunta:

- Então Joãozinho, qual foi a tua ajuda?

À qual o Joãozinho responde:

- A calculadora!

Um atropelamento de um caracol

Um caracol ia a atravessar a estrada e foi atropelado por uma tartaruga.

Quando acordou nas urgências do hospital perguntaram-lhe o que é que lhe tinha acontecido:

- Como é que quer que eu saiba?! Foi tudo tão depressa!