Anedotas Club

Anedotas de Loiras

33 / 36

O incêndio

Uma morena, uma ruiva e uma loira escapam a um incêndio fugindo para o telhado do prédio. Os bombeiros estão na rua, 10 andares abaixo, com um grande pano para que elas saltem.
Os bombeiros gritam à morena, "Salte! Salte! É a sua única hipótese de sobreviver!"
A morena salta e... OOOOLLLÉÉ! Os bombeiros puxam o pano no último instante e... a morena esborracha-se como um tomate.

"Força! Salte! Tem que saltar!" dizem os bombeiros à ruiva.
"Oh não! Vocês vão me fazer a mesma coisa!" responde a ruiva.
"Não! Nós só não gostamos é de morenas! De ruivas gostamos!
"OK" diz a ruiva, ao mesmo tempo que salta.
OOOOOOOOOOOLÉ! Os bombeiros desviam o pano e a ruiva espeta-se no chão, mesmo ao lado da morena.

Finalmente, a loira chega-se à beira do telhado. Mais uma vez, os bombeiros gritam "Salte! Tem que saltar!"
"Nem pensem! Vocês vão tirar o pano de baixo quando eu saltar!" grita a loira.
"Não! De maneira nenhuma! Tem que saltar! Nós não vamos tirar o pano!"
"Olhem," diz a loira, "nada do que possam dizer me vai convencer que não vão tirar o pano! Por isso, o que eu quero que façam é que pousem o pano e se afastem todos dele…

Mais anedotas de Loiras

No WC

Num WC público, daqueles antigos, com a sentina rente ao chão, um homem está muito aflito a tentar fazer as necessidades.

Repara num desenho na porta em frente, com um dístico, e aproxima-se um pouco para o conseguir ler:

- Já comi a Claudia Shiffer!

Mais acima, outro desenho e outra legenda:

- Já comi a Michelle Pfeiffer!

Há ainda outro mais acima. O homem bastante curioso aproxima-se ainda mais:

- Olha, tem cuidado que estás a cagar fora do buraco!

Bêbados e Deus

O bêbado chegou ao bar e diz:

– Compadre, eu sou Deus!

O dono do bar responde:

– Para de blasfemar, tu já disseste isso mais de mil vezes!

O bêbado então diz:

– Eu vou-te provar, vem comigo!

Dirigem-se à igreja, e quando lá chegam o padre começa a reclamar:

– Ó Meu Deus, eu não acredito que tu estás aqui de novo!

A piscina

O hospício estava lotado, e os médicos precisavam urgentemente de saber quem é que já podia ir embora. Então eles colocaram todos os loucos para saltar de um trampolim para uma piscina. Só que ela estava vazia.

O primeiro saltou e caiu no chão. O segundo, o terceiro, e todos os outros também caíram para o fundo da piscina. Depois chega a vez de mais um louco. Ele sobe ao trampolim, olha para baixo e volta para trás. O médico pensou: "Olha, este pode sair. Não saltou."

- Porque é que não saltaste? - pergunta o médico ao louco.

- Não conte a ninguém, mas é que eu não sei nadar.