Anedotas de Crianças

8 / 13

Gabinete do diretor

Estão três meninos no gabinete do diretor por se terem portado mal.

O diretor perguntou ao primeiro:

- Carlos, o que fizeste?

- Eu pintei grafites nas paredes da sala.

- Vai já imediatamente limpar essas bagunças e ficarás, como castigo, sem recreio durante uma semana. E tu, Henrique?

- Eu pus três alfinetes no assento do professor.

- Vai imediatamente pedir desculpa ao professor e ficarás, como castigo, sem recreio durante duas semanas. E tu, Filipe?

- Eu atirei o Caixote pela janela fora.

- Bem, para comparar com o que fizeram os teus amigos, isso não é grave. Não serás castigado. Agora depressa, desapareçam da minha vista e portem-se bem.

Os meninos saíram do gabinete, quando entra um quarto miúdo, coberto de pensos e ligaduras.

O diretor perguntou:

- O que te aconteceu? Como te chamas?

- Chamo-me Pedro, mas os meus amigos chamam-me Caixote por eu gostar muito de colecionar caixas!

Mais anedotas de Crianças

Professora pede boas ações

Uma professora:

- Hoje é o dia mundial das boas ações, portanto, o Joãozinho, o Carlinhos e o Zezinho - que eram os três "melhores" alunos da turma - vão lá fora praticar uma boa ação, e voltam para contar aos colegas o que fizeram, está bem?

Os miúdos lá foram e passado quase uma hora voltaram.

- Então Joãozinho, qual foi a boa ação que praticaste?

- Eu ajudei uma velhinha a atravessar a rua!

- Muito bem, e tu Carlinhos?

- Eu também ajudei a velhinha a atravessar a rua!

- Ah sim? E tu Zezinho?

- Pois… Eu também ajudei a velhinha a atravessar a rua!

- O quê? Os três!? Então e demoraram tanto tempo porquê?

- Não havia maneira do raio da velha querer atravessar a rua!

Ajudem-me!

O polícia do 112 atendeu o telefone e foi anotando o pedido de socorro:

- Por favor, mandem alguém urgentemente, entrou um gato em casa!

- Mas como assim? Um gato em casa?

- Um gato! Ele invadiu a minha casa e está caminhando na minha direção!

- Mas como assim? Você quer dizer um ladrão?

- Não! Estou falando de um gato mesmo, daqueles que fazem "miau, miau", e ele está vindo na minha direção! Vocês têm de vir agora!

- Mas o que tem um gato ir na sua direção?

- Ele vai me matar, ora bolas! E vocês serão os culpados!

- Mas quem está falando?

- O papagaio, porra!

Lugares estranhos

O paciente chega ao médico a chorar com dores e diz:

- Doutor, parti o meu braço em dois lugares. Preciso de ajuda. O que eu faço?

O médico olha nos olhos do paciente e diz:

- Olha, rapaz, eu acho melhor você não voltar a esses lugares.