Anedotas Club

Anedotas de Crianças

8 / 13

Gabinete do diretor

Estão três meninos no gabinete do diretor por se terem portado mal.

O diretor perguntou ao primeiro:

- Carlos, o que fizeste?

- Eu pintei grafites nas paredes da sala.

- Vai já imediatamente limpar essas bagunças e ficarás, como castigo, sem recreio durante uma semana. E tu, Henrique?

- Eu pus três alfinetes no assento do professor.

- Vai imediatamente pedir desculpa ao professor e ficarás, como castigo, sem recreio durante duas semanas. E tu, Filipe?

- Eu atirei o Caixote pela janela fora.

- Bem, para comparar com o que fizeram os teus amigos, isso não é grave. Não serás castigado. Agora depressa, desapareçam da minha vista e portem-se bem.

Os meninos saíram do gabinete, quando entra um quarto miúdo, coberto de pensos e ligaduras.

O diretor perguntou:

- O que te aconteceu? Como te chamas?

- Chamo-me Pedro, mas os meus amigos chamam-me Caixote por eu gostar muito de colecionar caixas!

Mais anedotas de Crianças

Salta!

Num avião estão recrutas de paraquedas que estão a fazer o seu primeiro salto.

No meio deles, haviam alguns que ficavam com medo e deixavam de querer saltar.

Apesar dessa situação, o instrutor acabava por os empurrar sempre para fora do avião.

Mais perto do fim da lição, quando faltavam dois, o penúltimo acaba por dar imensa luta, mas isso não impediu o instrutor de o empurrar também para fora.

O último recruta acaba por rir às gargalhadas e o instrutor vira-se e pergunta:

- Tu achas que a covardia é engraçada?

O recruta responde:

- Não, mas esse era o piloto - e o recruta salta.

Uma caixa muito pesada

Seis homens carregam uma caixa muito pesada pelas escadas de um prédio muito alto, já no quarto andar um deles resolve ir ver quantos andares faltam.

Volta e diz:

- Tenho duas notícias… Uma boa e uma má! Um deles responde:

- Conta só a boa, a má contas quando chegarmos!

- Ok, faltam ainda 6 andares.

Continuam a subir e quando chegaram ao décimo andar um deles pergunta:

- Qual é a outra notícia?

Ele responde:

- O prédio não é este!

Mais um pedaço

A mãe de um rapaz guloso comprou um bolo.

O rapaz come quase todo o bolo e ainda pede mais um pedaço, mas a mãe alerta:

- Filho, se tu comeres mais um pedaço, tu vais explodir!

E o menino rapidamente responde:

- Então dá-me o pedaço e sai a correr!