Alentejanos

12 / 29

Alta golpada

Um alentejano apanha um comboio até ao Porto e senta-se ao lado de um senhor muito bem vestido. Mete conversa:

- Por acaso o senhor nunca apareceu na televisão?

- Sim, eu costumo ir a muitos concursos de cultura geral.

Como a viagem vai ser longa, não quer fazer um jogo comigo?

- Vamos a isso!

- Então fazemos assim: como eu tenho mais cultura do que o meu amigo, você faz-me uma pergunta sobre um assunto qualquer e se eu não souber responder, dou-lhe 20 euros.

A seguir faço-lhe eu uma pergunta e se não souber a resposta, dá-me só 10 euros. Concorda?

- Parece-me bem...

- Então, eu faço-lhe a primeira pergunta: diga-me o nome do autor da peça "Who's afraid of Virgínia Wolf" ...

- Por acaso não estou a ver quem seja...

- A resposta era Edward Albee... Dê-me os 10 euros e faça-me uma pergunta qualquer.

- Tome lá o dinheiro. Bem, agora é a minha vez: qual o animal que vive na planície alentejana, tem dois focinhos e cinco patas?

- Olhe, essa nem eu sei.

- Então, passe para cá 20 euros.

- Faz favor. Mas agora diga-me, que raio de animal é esse?

- Também não sei. Tome lá 10 euros.

Mais anedotas de alentejanos

26 / 29

Mosquitos iluminados

Dois alentejanos resolvem ir acampar.

Ao cair da noite, o local escolhido para o efeito começa a ficar cheio de mosquitos, pelo que resolvem abrigar-se dentro das tendas, por debaixo dos cobertores.

Passado algum tempo, um dos alentejanos observa uns insetos luminosos a aproximarem-se (pirilampos) e diz ao outro:

- Ó Maneli, é melhor irmos embora porque os danados foram buscar lanternas...
6 / 29

Um bom negócio!

Disseram a um alentejano que a água do mar fazia bem às varizes. O homem foi à praia e encheu um garrafão. Ao passar pelo nadador-salvador, perguntou-lhe:

- Quanto é?

O nadador-salvador, na brincadeira, responde-lhe:

- Cinquenta cêntimos!

O alentejano paga e vai-se embora. Passados uns dias o alentejano passa novamente pela praia quando a maré estava baixa e exclama:

- Eh, lá… Isto é que é negócio!
5 / 29

As herdades

Dois agricultores, um alentejano e um espanhol, estão na conversa:

- Qual és el tamanho de tu herdad? – pergunta o espanhol.

Responde o alentejano:

- Para os padrões portugueses, o mê monti tem um tamanho razoável: trezentos hectares. Atão e a sua herdadi?

Responde o espanhol:

- Mira, yo saio de casa por la mañana, ligo el jipe e, al medio-dia, ni siquiera he percorrido la mitad de mi propriedade!...

- Eu sei o que isso éi! – diz o alentejano sem se descoser – Também já tive um jipe espanholi… São uma merda! Só dá chaticis!