Anedotas Club

Anedotas de Polícia

4 / 14

Excesso de velocidade

O polícia de uma pequena cidade apanha um motorista por excesso de velocidade.

- Mas Guarda, eu posso explicar - responde o motorista.

- Fique quieto! Vou colocá-lo na cadeia até o chefe chegar! - diz o polícia.

- Mas, por favor, eu só queria dizer que…

- Silêncio! Você está preso!

Então, ele põe o homem numa cela, sozinho, e vai embora sem lhe dar atenção.

Horas mais tarde, o Guarda volta:

- O chefe está chegando! Sorte a sua que ele foi ao casamento da filha dele. Deve estar de bom humor.

- Duvido muito… Se tivesse me deixado falar, saberia que o noivo sou eu!

Mais anedotas de Polícia

Um carro em conta

Um rapaz de 16 anos chega a casa com um carro desportivo e os pais gritam:

- Onde conseguiste isto?

Ele calmamente responde:

- Acabei de comprar.

- Com que dinheiro? - perguntam - sabemos quanto custa um Porsche!

- Bem - ele disse - este custou 15 euros.

E os pais esbravejaram ainda mais:

- Quem venderia um carro destes por 15 euros?

- A senhora logo acima na rua. Não sei o seu nome, mudou-se para cá recentemente. Ela me viu a passar de bicicleta e perguntou se eu queria comprar o carro desportivo por 15 euros.

- Santo Deus! - disse a mãe - deve abusar de crianças. Quem sabe o que fará depois? João, vai lá imediatamente, para ver o que está a acontecer.

O pai foi até à casa da senhora e ela calmamente plantava petúnias no jardim.

Ele se apresentou como o pai do rapaz a quem ela vendeu o Porsche e perguntou porque razão ela tinha feito aquilo.

- Bem - disse ela - esta manhã o meu marido ligou. Pensei que estivesse viajando em serviço, mas ele fugiu para o Havaí com a secretária e não pretende voltar. Pediu que vendesse o carro e lhe enviasse o dinheiro, então eu vendi.

Indecisões

A sogra de um homem morreu e perguntaram-lhe:

- O que fazemos? Enterramos ou cremamos?

- Os dois! Não podemos facilitar!

Com que então, com que então!

Um senhor já de idade estava lendo o seu jornal sentado na cadeira de balanço na varanda da sua casa.

De repente chega a sua mulher e mete a panela bem forte na cabeça de seu marido.

- Páaaaaaaaaaaaaaa!

Ele assustado pergunta:

- Mas o que foi?!

Ela responde:

- O que era aquele papel escrito com números e o nome de uma mulher chamada Marylu?

Ele explica:

- Mas amor do meu coração! Não te lembras daquele dia?

- Qual dia?

- Aquele em que apostei num cavalo!

- E então?

- O número era da quantia e o nome era do cavalo!

- Desculpa, por favor!

Passa alguns dias e ela volta a bater com a panela na cabeça dele!

- Então pá?!

- O cavalo está-te a ligar!