Ignorância

91 / 91

Peixinho frito

Um homem muito pobre, que passava os dias a pedir de porta em porta, um dia bate à porta de uma senhora bastante rica…

- Minha senhora, dê-me qualquer coisa para comer…

A senhora:

- Gosta de peixe frito de um dia para o outro?

- Gosto sim - prontamente responde o pobre…

Ao qual a senhora diz:

- Então venha cá amanhã que eu vou fritá-lo hoje!!!

Mais anedotas de ignorância

60 / 91

Conseguiu?

O português vai ao banco com um amigo e enfrenta uma enorme fila. De repente, o amigo sai para comprar cigarros e volta esbaforido:

- Manuel, Manuel - grita quase sem fôlego - estão roubando o seu carro.

O Manuel sai em disparada e volta dois minutos depois.

- E aí? - pergunta o amigo - conseguiu pegar o cara?

- Não! Mas anotei a placa!
58 / 91

Nem aumenta, nem diminui!

Depois de dez anos, a moça do Censo voltou a uma pacata cidade do sertão e, depois de falar com todos os habitantes chegou à surpreendente conclusão que a população continuava exatamente a mesma! Nem aumentou, nem diminuiu! Espantada com o fato a moça foi perguntar à moradora mais antiga da cidade:

- Por acaso a senhora sabe explicar como isso pôde acontecer?

- É muito simples! - afirmou a velhinha - Cada vez que nasce um bebê na cidade, foge um rapaz!
6 / 91

Veio um ladrão

Um homem rindo às gargalhadas conta para o amigo:

- Hoje às 3 da manhã entrou um ladrão em casa!

O amigo diz:

- A sério?! Mas um ladrão entrou na tua casa e estás a rir? E o que é que ele levou?

E o homem responde:

- Levou porrada da minha mulher! Achou que era eu a chegar bêbado!