Ignorância

89 / 91

Uma festa milionária

Um milionário organizou uma grande festa na sua mansão.

A dada altura, o milionário dirige-se para os seus convidados e diz:

- Vamos fazer um jogo! Eu mandei encher a piscina de crocodilos, piranhas, cobras de água, etc... e, quem conseguir atravessá-la a nado e chegar intacto, terá direito a escolher um destes três prémios: um terreno ao pé da minha mansão, um milhão de euros em dinheiro ou a mão da minha filha em casamento.

Mal o milionário acaba de falar, um indivíduo começa a nadar com uma velocidade incrível e, consegue atravessar a piscina chegando intacto. O milionário dirige-se a ele e pergunta:

- Então, qual dos prémios é que você quer?

- Eu quero é saber quem foi o filho da m** que me empurrou!...

Mais anedotas de ignorância

26 / 91

No restaurante

Dois amigos, o Zé e o João, foram a um restaurante e acabam por pedir dois bifes. Quando eles chegam, o Zé pergunta ao outro qual era o bife que queria, o grande ou o pequeno. O João acaba por dizer que podia tirar qualquer um, e então o Zé, sem qual qualquer demora, acaba por tirar o maior. O João vira-se para o Zé e diz:

- Eh pah! Tu também... Com que então tiras logo o bife maior!?

Ao que o Zé responde:

- Se fosses tu, qual era bife que tiravas?

- Por humildade, o mais pequeno!

- Ora, aí o tens!
22 / 91

Fuga do deserto

Como é que o MacGyver consegue sair do deserto só com uma cenoura?

Ele tira a vitamina da cenoura, separa a vita da mina, explode a mina, então acontece um terremoto que separa a terra da moto aí ele pega a moto e vai embora.
12 / 91

Final feliz

Um homem e uma mulher se envolvem num acidente de grandes proporções: os carros são inteiramente destruídos, mas, por sorte, nenhum dos dois fica ferido. Depois de conseguirem sair do que restou dos carros, a mulher diz:

- Olha só! Você, um homem, e eu, uma mulher, saímos ilesos de um acidente destes! Só pode ser um sinal de Deus! Ele está nos dando uma oportunidade para nos conhecermos e ficarmos juntos para o resto da vida!

- Concordo - responde o homem - isto deve ser um sinal divino!

A mulher continua:

- E olha só, um outro milagre: o meu carro ficou totalmente destruído, mas esta garrafa de uísque não partiu! Deve ser outro sinal. Vamos beber e comemorar esta sorte.

E ela entrega a garrafa ao homem. Ele concorda, abre a garrafa, toma alguns goles diretamente da garrafa e devolve o frasco à mulher. Ela a pega, coloca a tampa de volta, e a devolve ao homem. Ele não entende o gesto e pergunta:

- Você não vai querer beber?

- Não! Eu vou esperar que a polícia chegue com o bafômetro...
www.000webhost.com