Anedotas de religião | Anedotas Club – as melhores anedotas

Religião

Escorregamento na calçada
Numa certa paróquia havia, para as confissões, um código conhecido por todos os moradores, que era utilizado pelas mulheres quando se confessavam, fazendo com que em vez de dizerem que tinham praticado o adultério diziam antes que tinham escorregado na calçada.

Após alguns anos no serviço, o padre dessa paróquia, já com alguma idade, decidiu reformar-se mas esqueceu-se de falar sobre o código ao substituto. Durante o confessionário, e sem saber da existência do código, o padre não sabia que penitência dar porque não via qualquer mal numa escorregadela na calçada. Ao longo das semanas a ouvir sempre a mesma expressão decidiu que tinha de intervir. Assim acabou por ir falar com o presidente da câmara da região:

- Boa tarde Sr. Presidente, eu vim falar consigo para resolver o problema das calçadas do município. Eu acho que elas estão a precisar de obras, muita gente anda a queixar-se de escorregar na calçada.

O presidente, sabendo do significado, nada disse, apenas começou a rir-se. O padre inconformado nem esperou por uma resposta:

- Olhe que não se devia rir de assuntos sérios, é só perguntar à sua esposa, que só esta semana já escorregou três vezes.
Próxima >
1 / 16

Algumas anedotas aleatórias

As herdades
Dois agricultores, um alentejano e um espanhol, estão na conversa:

- Qual és el tamanho de tu herdad? – pergunta o espanhol.

Responde o alentejano:

- Para os padrões portugueses, o mê monti tem um tamanho razoável: trezentos hectares. Atão e a sua herdadi?

Responde o espanhol:

- Mira, yo saio de casa por la mañana, ligo el jipe e, al medio-dia, ni siquiera he percorrido la mitad de mi propriedade!...

- Eu sei o que isso éi! – diz o alentejano sem se descoser – Também já tive um jipe espanholi… São uma merda! Só dá chaticis!
Não rir!
Um homem apresenta-se com um lenço atado, dando a volta por cima da cabeça e por baixo do queixo, apertado.

- O que é isso, pá? - pergunta-lhe um amigo - Dói-te a cabeça? Os dentes? Ou foi algum desastre?

- Nada disso. Morreu a minha sogra.

- Então?... Morreu-te a sogra... e porque é que trazes os queixos amarrados?

- É para não me rir!!!
Alentejano telefona para a GNR
- Estouuuu... é da GNR?

- É sim, em que posso ajudá-lo?

- Queria fazer quexa do mê vizinho Maneli. Ele esconde droga dentro dos troncos da madeira pra larera.

- Tomámos nota. Muito obrigado por nos ter avisado.

No dia seguinte os guardas da GNR estavam em casa do Manel. Procuraram o sítio onde ele guardava a lenha, e usando machados abriram ao meio todos os troncos que lá havia, mas não encontraram droga nenhuma. Praguejaram e foram-se embora. Logo de seguida toca o telefone em casa do Manel:

- Oh Maneli, já aí foram os tipos da GNR?

- Já.

- E racharam-te a lenha toda?

- Sim!

- Então feliz Natal, amigo! Esse foi o mê presente deste ano!
 
© 2013 - 2018 Daniel Industries | Política de privacidade | Área dos membros
000webhost logo